fbpx

Backup corporativo: 7 formas eficientes para otimizar o processo

A cada dia que passa trabalhar com dados se torna cada vez mais importante. No mundo corporativo, dados são a base para diversas atividades, por isso, trabalhar com eles exige cada vez mais segurança e responsabilidade. Dessa forma, é necessário utilizar mecanismos para torná-los seguros.

Em uma era marcada pela tecnologia, é de suma importância proteger as informações utilizadas pela empresa dos mais diversos tipos de perdas e ataques cibernéticos que possam vir a existir. Sendo assim, uma maneira de prevenir possíveis danos é a utilização do backup corporativo.

O backup corporativo surge como uma alternativa para que as organizações armazenem seus dados digitalmente de forma segura e possam utilizá-los posteriormente, evitando assim, maiores prejuízos em casos de danos irreparáveis. Uma vez que perder informações pode trazer problemas administrativos, operacionais e financeiros para o negócio.

Mas você sabe o que é o backup corporativo? Reunimos neste post o conceito de backup corporativo, para que ele serve, os tipos, sua importância e também 7 dicas eficientes para otimizar o processo de backup. Quer saber mais? Continue lendo.

O que é o backup corporativo?

De uma forma geral, o backup corporativo é um procedimento de armazenamento de dados, que tem o objetivo de garantir uma cópia fiel e segura das informações da empresa. Podemos dizer que, atualmente, o backup corporativo é uma das formas mais confiáveis de armazenar dados e prevenir perdas de informações da organização.

Em outras palavras, o backup corporativo é o salvamento de todos os dados operacionais e estratégicos da empresa, para eles poderem ser recuperados em caso de perda, e para que a empresa volte a trabalhar com suas informações quanto antes.

Apesar de parecer ser algo utilizado em grandes corporações, esse procedimento é indispensável para empresas de todos os tamanhos, pois trabalhar com informações se faz cada vez mais essencial.

Quais são os tipos de backup corporativo?

Atualmente existem diversos tipos de backup corporativo. Por isso, selecionamos abaixo os principais tipos utilizados para você poder escolher aquele que mais se enquadra nas necessidades da sua organização.

De uma maneira geral, o backup completo pode ser compreendido como a cópia completa de todos os sistemas e arquivos da empresa para outra mídia. Dessa forma, todos os dados vão ser guardados dentro de uma periodicidade definida.

A principal vantagem desse tipo de backup corporativo é que nele os dados são replicados primariamente, e depois há cópias de modificações recentes, permitindo uma maior restauração de informações. Por abarcar todos os dados da organização, na hora de realizá-lo é necessário mais tempo e maior espaço de armazenamento.

No backup incremental há apenas a cópia dos arquivos que foram alterados. Dessa maneira, ele pode ser usado em conjunto com o backup completo, uma vez que copia uma quantidade menor de dados, ocupando assim menos espaço.

Contudo, esse tipo de backup corporativo apresenta maior vulnerabilidade. Pois, a restauração dos dados é feita a partir do último backup completo. Sendo assim, a recuperação de dados se torna mais lenta e mais completa.

O backup diferencial copia todos os dados que foram alterados desde o último backup completo. A principal vantagem do backup diferencial é que nele a restauração é mais fácil, além de ocupar menos espaço de armazenamento. No entanto, o tempo para restaurar é maior que o completo.

Dessa forma, devido as referidas características, esse tipo de backup é indicado para aquelas empresas que precisam garantir somente a cópia dos arquivos e dos dados alterados.

Já o backup completo sintético é ideal para empresas que possuem um grande volume de informação, pois ele faz cópia de segurança completa. A vantagem desse tipo de backup corporativo é a facilidade da restauração e da largura da banda em rede, uma vez que somente as alterações são transmitidas.

Qual a importância do backup corporativo?

Os dados corporativos podem ser entendidos como qualquer informação que uma empresa produz ou utiliza durante a realização de suas atividades. Dessa forma, podemos citar como exemplo:

fundo azul com a logo da Hybrid no canto direito inferior

É importante proteger esses dados, pois são eles que, de certa forma, movimentam o negócio e geram valor para a organização. Os dados podem variar de acordo com o porte e o ramo da empresa, mas são essenciais para a continuidade dos serviços e, por isso, precisam ser protegidos a partir de um backup corporativo.

Existem diversas situações que podem ocasionar a perda de dados em uma empresa, dentre as principais causas estão os: incêndios; bugs no sistema; ataques cibernéticos (invasões); problemas com os equipamentos; desastres naturais.

Logo, se o backup corporativo não for feito da forma correta, isso pode acarretar inúmeros prejuízos para a empresa, que vão desde a perda de credibilidade do negócio até prejuízos financeiros para a organização.

Por isso, o backup corporativo deve ser realizado por profissionais capacitados, a fim de evitar que os arquivos sejam atingidos por hackers, ataques de vírus e outras ameaças cibernéticas.

7 formas eficientes para fazer um backup corporativo

Agora que você já sabe a importância de fazer um backup corporativo na sua empresa, reunimos 7 maneiras para fazer um backup eficiente. Vale destacar que o backup dos dados corporativos pode ser feito de diferentes formas: em um datacenter próprio, a partir de uma fita magnética, no HD externo e até mesmo na nuvem. Vamos conferir as dicas?

  1. Elabore uma política de backup

A política de backup pode ser entendida como um conjunto de diretrizes relativas ao armazenamento de dados na organização, que diz respeito a todo o ciclo de gerenciamento das informações.

Podemos dizer que esse é o primeiro passo antes da realização do backup corporativo, mas que ainda é negligenciada por muitas empresas. É essencial documentar todas as etapas do processo, deixando as orientações claras para cada tipo de dado e aplicação.

  1. Defina os dados mais importantes

Outro ponto importante é saber quais são as informações mais importantes utilizadas no seu negócio. Dessa forma, a partir de uma classificação dos dados por nível de prioridade, é possível definir a ordem de recuperação, tendo em vista os documentos e serviços mais utilizados e relevantes.

  1. Tenha uma rotina consistente

Para realizar o backup corporativo é preciso aplicar rotinas consistentes para obter bons resultados, além de fazer testes constantes baseados em padrões. Dessa forma, a tarefa é realizada de uma maneira mais eficaz, caso ocorram incidentes de segurança.

Uma dica é manter processos documentados que podem ser replicados com facilidade, de forma a reduzir o tempo de resposta e os custos. Outra sugestão interessante é armazenar as cópias dos arquivos em pelo menos 2 tipos de mídia e armazenar uma deles em um servidor remoto.

  1. Elimine arquivos duplicados

Quando novos documentos são criados nas empresas, o backup tende a aumentar. Por isso, para otimizar a capacidade de armazenamento, é necessário monitorar a ocorrência de arquivos duplicados e manter apenas os documentos necessários.

  1. Faça auditorias periódicas

É importante destacar também que não adianta criar cópias de segurança em diferentes locais de armazenamento e não realizar os devidos testes periódicos. Dessa forma, para garantir o sucesso do backup corporativo é preciso realizar auditorias periódicas, verificando a segurança do armazenamento e detectando possíveis falhas, por exemplo.

  1. Utilize a criptografia

A criptografia é fundamental para o backup corporativo, pois funciona como uma espécie de barreira de proteção dos dados, dificultando o acesso de hackers. Dessa forma, mesmo que ocorram ataques cibernéticos e os hackers consigam invadir a rede, as informações não poderão ser utilizadas para fins maliciosos, pois estarão protegidas por chaves criptográficas.

  1. Aposte na tecnologia em nuvem

Uma das soluções mais completas e confiáveis de backup corporativo é a tecnologia em nuvem. Para realizar um bom backup corporativo é necessário abranger bancos de dados e aplicações, armazenando as informações em ambientes de alta disponibilidade, automatizando processos e reduzindo riscos.

Por isso, além de aliar acessibilidade, mobilidade, escalabilidade e pagamento por demanda, ou seja, os valores são calculados com base no espaço e nos recursos utilizados, a computação em nuvem também garante alta proteção e automatização das rotinas de backup.

Conclusão

Entendido o que é o backup corporativo e sua devida importância, é preciso ter em mente que esse procedimento deve ser visto como um item indispensável para a sobrevivência do negócio.

Vale destacar, que na hora de escolher o tipo de backup, se torna indispensável avaliar qual o melhor método de armazenamento para as necessidades do seu negócio. Além disso, é importante seguir as dicas listadas neste post para realizar o backup corporativo de forma eficiente.

banner news

Parceiros