fbpx

Plano de backup: as práticas de proteção que você deve aplicar

Um dos itens essenciais na hora de gerir uma empresa é o planejamento. A partir dele, custos, processos, funcionários e diversos fatores importantes para o desenvolvimento e funcionamento de uma organização podem ser bem definidos com antecedência.

Além disso, a partir do planejamento uma empresa pode se prevenir de situações vexatórias e poderem causar grandes problemas para a corporação. Essa técnica se aplica muito bem para o caso do backup de dados.

Quando uma empresa realiza um plano de backup, além de resguardar dados importantes, ela poderá se programar para a realização da cópia de arquivos importantes da melhor forma possível.

Produzimos este post para você poder entender como essa é uma atitude importante na hora de proteger os dados da sua empresa. Além disso, reunimos 5 práticas de proteção essenciais na hora de produzir seu plano de backup corporativo. Vamos conferir?

O que é um plano de backup?

Antes de falarmos sobre o que é um plano de backup, é necessário entender o que é um backup. De uma maneira geral, backup compreende o ato de copiar arquivos ou documentos para sistemas de armazenamento secundários, com o intuito de preservar os dados em caso de possíveis problemas e perdas.

Logo, o plano de backup diz respeito ao mapeamento de procedimentos que devem ser realizados na hora de armazenar informações, identificando pontos como os locais de armazenamento, periodicidade e possíveis pontos de falha em caso de desastres.

Dessa forma, o plano de backup serve para não deixar a organização desprevenida em caso de incidentes. Além disso, ele ajuda a nortear quais os caminhos devem ser seguidos na hora de planejar a realização do backup dos dados corporativos.

Por que elaborar um plano de backup?

O principal intuito da criação de um plano de backup é a proteção dos dados da sua organização. Dessa forma, ao planejar o armazenamento das informações importantes para a empresa em um local secundário, é possível prevenir de uma possível perda de dados, que pode acontecer em situações como:

Vale ressaltar que a perda de dados de uma empresa pode trazer consequências graves para a organização. O que pode manchar a reputação da sua marca no mercado, gerar a perda de competitividade, trazer prejuízos financeiros, paralisar as atividades, e ocasionar na perda de confiança por parte do cliente.

Para evitar que isso ocorra, é necessário proteger todos os dados relevantes da sua empresa, de forma a definir procedimentos de planejamento de backup, garantindo a segurança das informações.

Assim, é essencial contar com um plano de backup bem desenvolvido para evitar maiores problemas e conferir para a sua organização soluções eficientes e eficazes, de forma a garantir um serviço bem feito e manter a confiança dos clientes na sua empresa.

O que não pode faltar em um plano de backup?

Existem alguns itens que são indispensáveis na hora de elaborar um plano de backup para o seu negócio. Assim, algumas soluções de backup corporativo podem funcionar da melhor forma, antecipando possíveis falhas em equipamentos.

Logo, um bom plano de backup deve ser elaborado conforme o nível de segurança desejado, levando em consideração tanto a importância dos dados quanto o tamanho do investimento.

Um ponto que deve ser levado em consideração logo de início é a realização de um mapeamento de todo ambiente. Com isso, você vai descobrir quais são os dispositivos utilizados para armazenar os dados da empresa.

fundo azul com a logo da Hybrid no canto direito inferior

Outro passo indispensável é identificar o caminho que os dados percorrem para chegar ao dispositivo de armazenamento, no qual ficará centralizado o backup. Após isso, é necessário observar os pontos listados a seguir para elaborar o plano de backup da sua empresa.

5 práticas de proteção que você deve aplicar no plano de backup da sua empresa

  1. Aumento na quantidade de dados 

Para começar, um bom plano de backup deve pensar nas mudanças e perspectivas futuras nas organizações. Por isso, não observe apenas o volume atual de dados armazenados, mas planeje suas necessidades de backup conforme a tendência de crescimento da sua marca com base nas informações do seu negócio.

Dessa forma, o que importa não são os recursos de armazenamento utilizados pela sua empresa atualmente. Mas, garanta que seu negócio possa escalar de forma eficiente e com bom custo-benefício. Nesse sentido, o backup na nuvem é visto como o tipo mais simples e eficaz para a escalabilidade.

  1. Estabeleça políticas de backup

Além do estabelecimento de políticas de backup, outras políticas que devem ser consideradas são a de retenção e destruição de dados. Pois, essas 3 políticas formam a base central de um plano de backup eficiente. Logo, ter essas 3 definições claras pode fazer toda a diferença para uma auditoria de TI.

Com a política de backup, é possível definir os dados que serão envolvidos, a frequência das cópias, assim como as tecnologias que serão utilizadas na realização do backup, além do processo para acessar as cópias.

Já a política de retenção estabelece quais serão as informações mantidas, o formato de armazenamento e a duração dele. Com a política de destruição de dados é possível estabelecer quais serão as informações excluídas.

  1. Proteja o backup contra acesso não-autorizado

Um dos principais objetivos do plano de backup é justamente proteger os dados de possíveis invasões da melhor forma. Dessa maneira, vale destacar que existem inúmeras situações de vulnerabilidade de ataques cibernéticos.

Por isso, para proteger as informações corporativas de maneira eficiente, é necessário que elas fiquem armazenadas de forma segura. Além disso, é preciso promover a disponibilidade, integridade e confidencialidade para o seu backup.

Sendo assim, é indispensável investir em recursos de proteção contra acesso não-autorizado. Nesse sentido, os serviços gerenciados de backup são uma boa opção para contar com o aparato profissional.

  1. Garanta acesso rápido ao backup

Outro ponto que merece destaque e deve ser levado em consideração, é usar tecnologias que agilizam e facilitam o acesso de todos os usuários autorizados pela empresa. De forma que eles possam encontrar e acessar rapidamente os dados que compõem o conteúdo do backup.

Uma vez que além de garantir a disponibilidade dos dados, é preciso também promover o acesso simplificado às mesmas. Esse é um item muitas vezes negligenciado nos negócios, mas que é peça-chave para quem trabalha com essas informações.

  1. Realize testes regulares

Por fim, mas não menos importante, é preciso ressaltar a realização de testes regulares de backup. Não importa qual a complexidade e a estratégia de backup utilizada no seu negócio, sempre vai ser necessário testar o plano de backup regularmente. Essa ação se torna essencial principalmente em casos de desastres.

Sendo assim, da mesma forma que um plano de recuperação de desastres precisa ser testado ao menos uma vez ao ano, o mesmo deve ser aplicado para o plano de backup da sua organização.

Conclusão

Como foi possível perceber, um plano de backup corporativo é essencial para o sucesso do armazenamento de dados da sua organização. Dessa forma, é fundamental que o plano de backup seja realizado de forma individualizada, ou seja, conforme as referidas necessidades da organização.

Portanto, um bom plano de backup deve antecipar não só as possíveis mudanças que podem ocorrer, mas também futuras ameaças que podem atingir as organizações. Dessa forma, as melhores práticas proporcionam um planejamento coerente com as necessidades de cada empresa.

banner news

Parceiros